sábado, 8 de novembro de 2014

LLC: Homens Invisíveis

Autor: Fernando Braga da Costa
Ano Publicação: 2004
Nota: 10


Em 2012 estive em meu primeiro TEDx presencial e, realmente, uma experiência única. Para entender o que é Um TEDx, peguei o conceito da internet no site do própio TEDxBeloHorizonte:
  • TEDx são conferências locais licenciadas pelo TED e organizadas de forma autônoma por comunidades interessadas em cumprir o objetivo maior da organização: compartilhar ideias. A proposta é reunir pessoas das mais diversas áreas para promover discussões relevantes e propor soluções que visem ao verdadeiro desenvolvimento social. 
  • TED é a abreviação de Technology, Entertainment and Design. Hoje uma organização não governamental dos Estados Unidos que realiza conferências de até 18 minutos, as TEDTALKS, com o objetivo de disseminar ideias que fazem a diferença para o mundo e para a sociedade."



Conheci Fernando Braga participando do TEDxBeloHorizonte de 2012. Uma figura no mínimo inusitada aquele participante com roupas de gari. Eu e alguns amigos trocávamos ideias percebendo Fernando sem entender muito o que aquela vestimenta significava. Pensava no motivo pelo qual aquela pessoa estava fantasiado de limpador de rua. Não sabia quem ele era, nada sobre seu trabalho, suas pesquisas e principalmente nada do que ele tinha a dizer. Nos aproximamos perto da hora do almoço. Fomos a uma lanchonete do lado de fora para comprar uma coca-cola e começamos a conversar. E assim, antes mesmo da palestra ou da leitura da obra, conheci algumas da idéias deste autor que fez de um trabalho do segundo período de graduação em psicologia a possibilidade de estudar a humilhação humana, tomando o tema como sua tese de mestrado e doutorado.
E então veio a palestra de Fernando Fraga. Como é possível assistir na integra, vou defini-la apenas como: subversiva!


A leitura do livro veio acontecer somente por agora e registro: me causou um choque na visão pessoal do mundo. Como trecho favorito cito:

Os garis não são consultados sobre quais deveriam ser as empreitadas mais urgentes. Também não lhes é conferida a possibilidade de escolha de suas ferramentas. No ambiente de trabalho empenho braçal costuma ser a exigência única. A severidade com que isso ocorre, em frequência repetitiva e com caráter autoritário fabrica e promove, incessantemente, relações desniveladas, Os homens aí envolvidos não aparecem por suas capacidades. De modo distorcido, apresentam-se como representantes de cargos determinados. Desse modo, não aparecem as pessoas, aparecem as funções. As funções hierárquicas mais acimadas aparecem mais. Quanto mais "inferiores" os cargo, menos eles vão aparecer. Os garis aparecem lá embaixo, não comandam ninguém, são sempre comandados. Seu cargo é o mais raso. Os garis sentem-se invisíveis.


Nenhum comentário:

Se você gostou deste post, pode ser que goste também destes...