domingo, 1 de maio de 2011

LLC: A Arte da Guerra

Autor: Sun Tzu
Ano Publicação: século IV a.C.
Nota: 7


O mês de abril foi muito corrido. Infelizmente não deu para postar muito. Em compensação tivemos a estreia do post da Thaís Alencar. Novos amigos vão contribuir com o blog em breve. O objetivo é estar sempre incentivando a leitura.

Vamos ao livro! Imagine uma obra que ultrapassa gerações, que tem sua data inicial estimada 2.400 anos atrás e que foi o "livro de cabeceira" de diversos generais ao longo do tempo. Um texto que, atualmente, se faz objeto de estudos fabulosos no mundo dos negócios, principalmente em Wall Street.
Os argumentos racionais na estratégia de guerra inicialmente me assustaram bastante. A capacidade de imaginar o como "ferir" drasticamente o outro comando do adversário sem necessariamente ter que "sair de casa" é de uma astúcia incrível.
O pensamento de guerra e o de como vencer uma batalha me fazem imaginar o quanto estamos distantes de um mundo mais cheio de paz e tranquilidade. A lógica usada na obra ainda é aquilo que impera na humanidade como um todo. Desta forma me pergunto: o que fazer para mudar isto?
Como não poderia esquecer, segue a frase favorita da obra: "Comandar muitos é o mesmo que comandar poucos. Tudo é uma questão de organização."

Acabo de fazer um link externo ao livro. Quem já assistiu ao filme Tropa de Elite consegue identificar no Capitão Nascimento o uso destas táticas no BOPE. Segue trailer:




Um comentário:

Alexandre Azevedo disse...

Olá colegas do Livrolidocomentado , primeiramente gostaria de expor o meu apreço pela proposta do site , que além de dar ótimas sugestões de leitura também faz breves reflexões sobre os mesmos . Já acompanho o site há algum tempo , mas ainda não havia comentado por não ter lido a maioria dos já postados ( confesso que fiquei com vontade ...)e por falta de tempo mesmo. Mas Sun Tzu foi um dos poucos que consegui ler durante a minha faculdade , portanto me sinto na obrigação de , como visitante assíduo do site, me manifestar . Agora vamos direto ao ponto : Concordo em muito com a análise feita , para mim Sun tzu é um livro de "meios" e não de "fins". O que quero dizer com isso é que ele discorre bem sobre COMO conseguir seus objetivos , e muito menos sobre "qual é o seu objetivo?" . Por um lado , nada mais adequado para a relidade dos businessman que muitas vezes nem sabem o que fazer com tanto dinheiro ( sem generalizar, claro .), para quem a competitividade nua e crua exige toda a sorte de estratégias ( das mais geniais às mais sórdidas , e às vezes ambas ...). Por outro, o livro parece resumir o sentido da vida aos opostos vitória/derrota. Não acho um livro adequado para crianças, pois estimula alguns valores e condutas inadequadas para uma boa sociedade em nome da vitória. Por fim , não desgosto do livro como um todo, pois mesmos os mais pacíficos ou dialogais podem se deparar com situações onde o litígio é inevitável , servindo para quebrar também a ingenuidade de algumas pessoas ( agradeço ao livro por acabar com a minha, pelo menos ), algo que pode ser perigoso, já que a linha entre perder a ingenuidade e se tornar inescrupuloso pode ser muito tênue para aqueles que não sabem bem o que querem da vida .

Se você gostou deste post, pode ser que goste também destes...