segunda-feira, 21 de março de 2011

LLC: Transformando Suor em Ouro

Autor: Bernardo Rocha de Rezende (Bernardinho)
Ano Publicação: 2006
Nota: 9




Engraçado a necessidade que temos de criarmos heróis. Eles servem como modelos de inspiração para os desafios do dia a dia. Livros com histórias de grandes treinadores e de como levaram suas equipes ao estrelato são comuns. No entanto, há uma particularidade incrível em Bernardinho. Trata-se de um treinador brasileiro.
A história do povo brasileiro e de seu processo de colonização nos faz supervalorizar aquilo que vem de fora e subestimar tudo aquilo que é produzido internamente. Ao verificarmos o sucesso na trajetória do autor somos obrigados a reconhecer que podemos fazer coisas fantásticas.



Terminei de ler este livro pouco antes do carnaval deste ano (2011).Estava realmente precisando de uma leitura que me comprometesse com minhas metas. Metas de estudo, de leitura, de trabalho e principalmente metas pessoais. Fui atendido em muitos quesitos com esta agradável leitura. Já me encontro, inclusive, atingindo uma meta peculiar: escrever para este blog.

Para minha surpresa o autor não é formado em educação física como a maioria dos treinadores da área esportiva. Bernardinho é economista. Eu pensava que era necessário ser professor de educação física para ser um ótimo técnico. Acho que tinha esta ideia em minha mente face todos os bons treinadores de basquete que tive no Ginástico tivessem como formação a educação física. Lendo "Transformando Suor em Ouro" deu muita saudade das horas dedicadas ao basquete, esporte que a muitos anos se quer acompanho pela TV. Na adolescência eu sonhava em viajar para cidade de Chicago e ver uma batalha épica entre Bulls x Lakers.

O autor coloca a prova sua fórmula Trabalho + Talento = Sucesso com seu exemplo pessoal, tanto como jogador reserva da seleção quanto como técnico da time de ouro do voleibol masculino. Teve objetividade e clareza ao explicar sua Roda da Excelência em uma equipe. Fiquei fã da metodologia de sempre estar focado na próxima meta.


A frase que mais me chamou atenção no livro é a que fala da necessidade de "compreender a importância da instrução no desenvolvimento cultural e profissional".
O que eu mais gostei mesmo foi a lista de referencias e indicações de leitura que o autor coloca ao longo de sua obra. Inclui diversos livros que quero ler como My Life de Magic Johnson e Carit Accept Not Trying (Não aceito não tentar) de Michael Jordan (o eterno camisa 23 do Bulls!).

3 comentários:

Lucas Alan Pinto disse...

Aqui tinha que ter o botão curtir também.

Também estou buscando minhas metas, tentando me instruir para não ziguezaguear muito diante delas.

Abração Matheus!

Matheus Cardoso disse...

Coloquei o CURTIR!
Abraços!

LiLian PortugaL disse...

Adorei seu blog. Parabéns por este excpcional blog. Isso que é conteúdo. Espero contribuir. Muitos beijos

Se você gostou deste post, pode ser que goste também destes...